sexta-feira, 29 de julho de 2011

Evidências extraterrestres em antigas representações artísticas

Boa Noite, amigos pensantes;
Segue uma pequena coletânea de obras artísticas que datam das mais variadas épocas da humanidade. Algumas datam de até 12.000 anos a.C. , porém nota-se semelhanças entre todas.
Percebem-se figuras que distoam a natureza humana e até mesmo representações de tecnologia por demais avançadas para a época. Vejam por si próprios.
Bons questionamentos!

       
(Pintura em madeira de autoria desconhecida achada próximo ao Castelo do Conde Dotremond, Bélgica)
Supostamente esta pintura retrata Moisés recebendo as plaquetas dos 10 mandamentos. No entanto verificam-se 4 objetos voadores que parecem estar recebendo (ou enviando) as placas a(de) Moisés.



(lustração do livro Micromégas de 1752 de Voltaire /1684-1778)
Esta representação é extremamente nítida quanto ao que se propõe retratar. Vê-se um objeto voador, muito semelhante a um OVNI interagindo com uma pessoa do séc. XVIII. 



(Título: Anunciação/ 1486 - Antônio Crivelli)

Aqui, em um quadro com temática sacra, nota-se um estranho objeto oval, enviando um feixe de luz diretamente no chackra coronário de Maria.



(Pintura rupestre descoberta na Índia)

Esta pintura foi encontrada na Índia, não sendo possível realizar o datamento preciso. No entanto, vê-se elementos totalmente destoantes quanto a natureza simplista de uma pessoa que viveu em épocas antigas.




(Pintura rupestre encontrada em Fergana, Uzbequistão. Tem aproximadamente 12.000 anos)

Esta pintura é impressionante devido a antiguidade e a clareza da representação. Vê-se nitidamente um disco voando, em meio a vapores lançados, enquanto um ser está abaixo dele (supostamente descendo da nave) e usando um capacete com 2 antenas!



(Título: La Tebaide / Paolo Uccello ,1396-1475)

Esta pintura está representando o cenário da crucificação de Cristo, mas nota-se um estranho objeto discóide cercando o protagonista da cena.




(ilustrações de um livro de Lt. Grey, Pinturas Rupestres da Austrália)

Estas ilustrações são tão antigas quanto a história da Austrália, sendo feitas pelos primeiros aborígenes. Detalhes como a cabeça grande, e dos grandes olhos retratados na pinturas são intrigantes. Será esta a razão da constante analogia entre as corujas e a sabedoria, presentes em cultos muito antigos da humanidade? Será que estas representações, relativas a coruja, não seriam uma forma de compreender seres que nos visitavam antigamente, e traziam consigo o conhecimento e sabedoria de uma civilização extremamente desenvolvida?


Novamente a recorrência a cabeças alongadas e grandes olhos negros. Esta representação curiosamente se repete nas civilizações egípcia, suméria e maia. Aliás, curiosamente estas civilizações desenvolveram grande tecnologia, localizavam-se próximas a linha do Equador e construíam pirâmides gigantescas. Será coincidência?

Impressionante semelhança entre pequenas esculturas e foguetes de exploração espacial atuais . Até mesmo a semelhança para com aviões modernos seria absurdo, porém é inegável.




Novamente a assustadora e recorrente figura do ser de cabeça alongada e grandes olhos negros. Paranóia global, ou um registro palpável de que estes seres estiveram em nosso planeta?





(O Batismo de Cristo - Aert De Gelde / 1710 - Museu Fitzwilliam - Cambridge)

Iluminação representando o Cristo ungido. Mas a iluminação que advém de uma estranha esfera flutuante é intrigante. Quem estaria ungindo a Cristo?




(Pintura rupestre dos Aborígenes australianos / 5.000 anos)

Seres de grandes e expressivos olhos negros. Esses detalhes em volta das cabeças seriam capacetes? Será este o motivo dos "anjos bíblicos" serem representados sempre com aureolas? Sendo assim, o que seriam eles?



Curioso hiéroglifo encontrado em um monumento egípcio. A semelhança com um OVNI é incrível. Notem que não foi encontrado uma tradução exata para esse símbolo até hoje.




Outra imagem retirada de um desenho Egípcio. Na figura, em meio a vários trabalhadores egípcios, nota-se um estranha figura de grande cabeça e olhos grandes e negros. Serão estes os "Antigos Deuses"?




(Pintura rupestre de aproximadamente 20.000 anos encontrada na Austrália)

Novamente verificamos em figuras antiquíssimas da Austrália, entidades que parecem usar roupas especiais de proteção e capacetes (?!). Algo totalmente fora de contexto histórico, a não ser que consideremos a idéia da visita de seres de outros mundos à Terra, em nosso passado remoto.



8 comentários:

  1. MUITO INTERRESSANTE,ADOREI,VOCE É MUUUUUITO INTELIGENTE.PARABÉNS...

    ResponderExcluir
  2. olá,
    Convido você a participar do novo agregador de links www.surpriselink.com, o agregador mais diferente dos que você já viu, em 2 idiomas, liberação de links na hora e muito mais.

    ResponderExcluir
  3. Ótima postagem.Quem leu o livro "Eram os Deuses Astronautas?" (Erich Von Danken) deve estar com a pulga atrás da orelha desde então. (Eu estou).

    ResponderExcluir
  4. eu ja tinha visto isso no history channel mas valeu por postar e parabens pelo blog!,ou vc assistiu a serie alienigenas do passado?

    ResponderExcluir
  5. Ótimo post! Seu blog está de parabéns, continue assim!
    Que tal ganhar um laptop, uma moto 0 km, e ainda conseguir um dinheiro extra sem sair de casa? Parece uma boa idéia não é? Então acesse http://www.frpromotora.com/44589066 e descubra como conseguir. Simples, fácil e rápido. Teste e conheça!

    ResponderExcluir
  6. Ótimo post! Realmente nos deixa intrigados, parabéns.

    ResponderExcluir
  7. Se vc mostra isso para um evangelista ele vai dizer q era o diabo q fez isso pra enganar . aiaiaiai

    ResponderExcluir

Os editores do blog Ab Origine têm profundo amor e respeito pelo livre pensamento e liberdade de expressão, porém respeitamos ainda mais o leitor que busca um ambiente de respeito às opiniões.

Por isso optamos por moderar os comentários, que serão excluídos nas seguintes condições:

• Piadinhas e infantilidades
• Palavrões e ofensas
• Desinformação

Todos os outros comentários serão publicados, independente da opinião do leitor.