quarta-feira, 11 de abril de 2012

Artefatos recém-descobertos provam que Maias tiveram contatos com Extraterrestres

A polêmica maia continua.

Como se não bastasse o incrível calendário que tem causado calafrios em pessoas no mundo todo, descobertas recentes provam que os Maias tinham informações privilegiados.

O mestre Erich von Däniken popularizou o deus/imperador maia Kulkucan (também conhecido como Quetzalcoatl entre Astecas) em seu famoso livro Eram os deuses astronautas?, onde afirma que o deus é representado, segundo as interpretações do escritor (e a minha é óbvio), pilotando uma nave. Os maias nos contam que Kulkucan desceu dos céus e reinou sobre seu povo, ensinando-os a arte da agricultura, matemática, medicina e astronomia.


O astronauta Kulkucan

O desaparecimento da civilização maia veio em 1521, quando o espanhol Hérnan Cortés invadiu península de Yucatan, financiado pela Igreja Católica Romana. Cortés acreditava que os maias eram uma civilização pagã a serviço de satanás e ordenou aos seus soldados que invadissem os edifícios. Nesta invasão foram destruídos livros, biografias, composições musicais, história, genealogias e outras obras, destruindo quase todos os vestígios desta incrível civilização.

O que nos deixa ansiosos e ainda mais motivados a divulgar tais descobertas, é que achados arqueológicos da civilização maia podem trazer a resposta definitiva sobre os Astronautas Antigos ou Alienígenas do Passado, obviamente revelando nossa verdadeira origem.

A mídia e os "historiadores oficiais" nos tem enganado e omitido informações. No ano passado foram descobertos mais 1000 códices maias (livros desdobráveis produzidos pela civilização maia pré-colombiana. Os textos estão redigidos utilizando caracteres hieroglíficos maias que foram inscritos sobre papel mesoamericano produzido a partir da casca de algumas árvores, sobretudo algumas espécies de figueira, Ficus padifolia e Ficus cotinifolia. Este papel, conhecido geralmente pela designação náuatle amatl era chamado huunpelos maias.) no porão de um museu em Los Angeles.

Então o que podemos esperar em 21 de dezembro de 2012 ? As possibilidades são muitas, pode ser apenas mais um dia...ninguém sabe ao certo.

Se esses artefatos têm nada a ver com a data final do calendário maia, poderão ser o início de uma nova e excitante era na história da humanidade!

 
 
 





























 



POR FAVOR! VASCULHEM OS PORÕES DOS MUSEUS!!!

André de Pierre, 30 anos
Escritor e pequisador

24 comentários:

  1. Caramba, se esses artefatos forem autênticos vão realmente confirmar muito do que se tem dito sobre os astronautas antigos. Até o planeta saturno aparece com seus anéis, o que suponho não ser possível a olho nu. Fora isso, a riqueza de detalhes dos seres. Seria interessante se tivéssemos mais textos dessa civilização. Eu acredito que até o final do ano muita coisa vai surgir,

    ResponderExcluir
  2. com certeza! achei q os et's eram seres q faziam parte de uma conspiração, humanos modificados na area 51... no entanto, isso prova a possivel existencia de seres evoluidos muito antes de nos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ba cara, essa tua primeia teoria sobre os ets foi a mais cabulosa que ja ouvi heheheh mas uma coisa te digo a area 51 tem muitas informacoes sobre essas coisas.

      Excluir
  3. Respostas
    1. Não adianta trabalhar apenas com a negação amigo.

      Excluir
    2. PROVA SIM!!! >:P

      Excluir
  4. A questão aqui, é a NOSSA ORIGEM, nada mais que isso.

    ResponderExcluir
  5. É incrível que nunca ouvimos nenhum pronunciamento ou artigo dos arqueólogos que estudam estas coleções. Apenas fofocas de jornalistas (e meu, esses caras exageram MUITO) e outras fontes totalmente sem pé nem cabeça como Erik Von Daniken.

    Admiro a tua vontade de conhecer o assunto e a capacidade de reunir dados. Na verdade a crítica não é direcionada a ti, mas a comunidade de arqueólogos que nunca tem a capacidade de fazer qualquer pronunciamento contra este tipo de especulação que só serve para aguçar a alienação da população em geral sobre a sua própria história - ou no caso a história de um povo que não está mais aqui para se defender.

    Quero deixar claro que esta é a minha opinião como arqueóloga, como alguém que há anos estuda e trabalha nesta área.

    É muito complicado olhar para um artefato de dizer que ele de fato significa algo. Não podemos afirmar que são reproduções líticas de aeronaves ou de seres extraterrenos. Ninguém pode. É puramente interpretativo.
    Seria quase como afirmar que uma mão-de-pilão já gasta era na verdade um consolo. E olha, já ouvi muito falarem isso!

    Boa sorte nos teus estudos ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara Luzia, obrigado pelo comentário. Os artefatos são bem representativos, e quem conhece a história do povo maia profundamente, sabe que os argumentos meramente interpretativos estão vindo das comunidades científica (querem que não enxerguemos um disco, sendo que a escultura é um disco), que realmente são incapazes de argumentar contra algo que é tão latente. As provas não são apenas físicas: está na mitologia dos povos, em seus textos religiosos, em sua cultura como um todo. O artefato é apenas uma grande evidência, porém aliados a outras evidências ainda mais latentes foi criada uma teoria que está cada vez mais difícil de ser rebatida. Ela só vai crescer durante os anos, porque é confirmada pelos homens que herdaram estas histórias; os xamãs e lideres destes povos antigos. Vejo que segues uma linha diferente, e eu defenderei o seu direito de expressa-las. Desejo-lhe toda a sorte também, e caso queira saber mais sobre algumas evidências que descobri e logo publicarei, por favor deixe seu e-mail. abraços Ziusudra.

      Excluir
    2. Por isso gosto do livres pensadores. Eles não vem com uma bagagem de professores recalcados que n foram nada na vida e que incute na cabeça de seus alunos que os grandes livres pesquisadores são uma fraude. Daí se formam um monte de gente q se diz isso ou aquilo e q na verdade n fez mais do q estudar coisas já estudadas. Eu mesma, sou arquiteta formada, mas n tenha a cara de pau de entrar numa roda de grandes fãs da arquitetura e falar de coisas q aprendi na faculdade. Um dia, alguém foi lá e estudou tudo oq aprendemos de mãos beijadas. Parabéns pelos apaixonados q estudam por conta e q postam p nós suas verdadeiras paixões!

      Excluir
    3. O caso é muito simples se voce realmente for uma arqueologa ( formda em historia ou algo parecido mestrado em arqueologia) eu piamente acredito que voce nunca abriria mão de seu mestrado por uma causa que ira simplesmente marcar seu nome na história como louca , existe um museu um pouco famoso nos EUA um tal Smithsonian que simplesmente destoe com qualquer historiador ou evidencia que possa de alguma forma modificar a história humana, além do que o que voce acha que aconteceria com voce e sua familia se voce por uma incrivel descoberta da vida prova se que nós somos experiencias genéticas providas por anulaks e afins. Agora deixa de lado fatos me diga o mundo inteiro acredita num tal de jesus que a unic prova é um livro de 1800 anos , anulaks , viannas , shiva, vhishinu , são seres extraterrestres realtados como deuses em livros e pergaminhos de mais de 7000 anos em que são descritos acontecimentos que até modernamente são relativamente impossiveis , porém a biblia é verissima e os textos hindus não ....é complicado...

      Excluir
    4. Oi, pessoal! Agradeço quem respondeu meu comentário.
      Respondendo a um deles, tenho graduação em Arqueologia e já, já li as obras de Erik.

      A ciência trabalha a partir do método da experimentação ou, em outros casos evidência>teoria. E a arqueologia trabalha com estes três métodos.

      Respondendo a Carolina, professores universitários não são recalcados. De fato há um grande caminho a ser trilhado para poder dar aula na graduação. Teses, experiência profissional, teorias lançadas, mais experiências. Não diria que eles são recalcados, mas exemplos a serem seguidos. Já que na maioria dos casos apenas dão aula perto de suas aposentadorias, buscando um pouco mais de estabilidade tanto financeira quanto geográfica (visto que muitas vezes o arqueólogo não fixa residência em um único lugar por muito tempo).

      Quanto a necessidade de "mudar a história humana". Bem, eu não quero cortar o teu barato, mas a ciência não é tão conspiratória quanto nos filmes de ficção. Olha por exemplo o caso de Luzia, o fóssil humano mais antigo encontrado na América do Sul e que destruiu uma teoria já dissipada e bem aceita tanto pela comunidade científica internacional quanto pela população em geral, onde o homem teria migrado pelo centro da América do Norte até a Central, e não costeando o litoral do Pacífico.

      Acho toda e qualquer discussão sobre o desenvolvimento intelectual do homem válido. Seja no âmbito científico, religioso, conspiratório ou mesmo tomando uma cerveja no bar ;)

      Excluir
  6. Prá quem tinha alguma dúvida... ...

    ResponderExcluir
  7. Bom post, confirma que em todas as fases da humanidade eles estavam presentes, alguns guiando positivamente e outros guiando com objetivo de exploração. No entanto em pouco tempo esse assunto será esquecido e os humanos voltarão a se perguntar se realmente existe vida extraterrestre como fizeram em toda sua existência. A iluminação serve apenas para quem tem olhos.

    ResponderExcluir
  8. Luiza do mesmo jeito que você descredita o escritor de "Eram os deuse astronautas?", (sim isso mesmo é uma pergunda e não uma afirmativa do Erik, como ele mesmo esclarece em entrevistas que quando ele foi publicar seu livro a editora retirou o ponto de interogação), eu te questiono por que você se refere a ele como uma fonte sem pé sem cabeça você ja leu seus livros ou mesmo viu seus documentários, você já foi visitar algum dos locais em que ele esteve pessoalmente ou você é apenas uma teórica metida a sabichona?, pois não da para aceitar como normal tamanha controvércia que os arquiólogos atuais tem hoje e a escola clássica, vocês não se entendem, não chegam a nenhum concenso, datação de achados então nem se fala; acredito que faltam muitos dados para afirmarmos algo como verdade absoluta mas dia após dia vem surgindo cada vez mais evidências que vão desmistificando o nosso passado, um forte abraço a todos e fiquem na paz.

    ResponderExcluir
  9. Os fatos estão aí, só não enxerga quem não quer mesmo.
    é lógico que teve civilizações mais avançadas antes de nós, e que não estamos sozinhos no universo. Pra mim faz muito sentido aquilo que os Annunakis nos implantaram na terra e foram embora. Se pesquisarem sobre isso, verão que faz muito sentido.

    ResponderExcluir
  10. é so ler a biblia,,,, cambada ..........

    ResponderExcluir
  11. Ai ai não acredito em nada disso que besteria 2012 vai passar e porra nenhuma vai acontecer eu penso assim, essas coisas não provam nada, na minha opinião nós que criamos essas imagens e quando vemos algo semelhante a imagem que criamos de ET da nisso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá anônimo,
      O texto trata da nossa verdadeira história e origem, não de 2012.
      Sua opinião é respeitada no blog, mas tenho que discordar. Não é necessário criar teorias sobre aquilo que está óbvio, ou seja, não é necessário complicar o que é simples.
      att, Ziusudra.

      Excluir
  12. Vi o seu link em uma postagem do ocioso, pois é, eu tinha um blog e usava o ocioso como agregador, a politica para entrar é tensa, e demora uns 3 dias para aprovar sua link, e alem disso todos que pagam são mais favorecidos. Então, eu sou programador a 5 anos e resolvi fazer um agregador totalmente gratuito, que todas postagens parecem no topo, pois a cada recaregamento de página a ordem de postagens muda, e onde você mesmo gerencia seus links, ou seja, um portal de links que você gerencia, é fácil de usar, é so criar um conta em www.flowit.com.br/meuslinks e você já pode começar a utilizar, você pode postar quantos links quiser, é totalmente ilimitado, confira é comprove: www.flowit.com.br

    ResponderExcluir
  13. Isso não é questão de acreditar ou não. Não se contesta provas fisicas. Estatuetas, pinturas rupestres e achados magnificos de outras civilizações. Provas materiais não são de forma alguma duvidosas. É mais que óbvio que esses povos viram algo de extraodinário, que não era comum no seu dia a dia, e quiseram retrata-los da melhor forma que conseguiram.

    Foi a forma que encontraram de dizer: "Nós vimos isso, queremos que saibam."
    E como pudemos observar, fizeram alguns com riqueza de detalhes impressionante.

    Para duvidar disso somente sendo muito ignorante(mesmo possuindo mestrado, PHD, doutorado e o escambau...)

    Essa negação toda me parece medo. Medo de admitir que não passa de uma forma de vida supostamente inteligente baseada em carbono, insignificante no universo e que não somos tão especiais assim como pensamos.

    E Luiza, ter graduação em arqueologia não lhe torna uma Indiana Jones de saia. Como em toda profissão, existem pessoas incopetentes, que por mais que estudem, nunca aprendem nada direito. =)

    "É muito complicado olhar para um artefato de dizer que ele de fato significa algo. Não podemos afirmar que são reproduções líticas de aeronaves ou de seres extraterrenos. "

    E na sua opinião é o que? Pratos voadores? Acha que eles simplesmente imaginaram que seria legal desenhar seres estranhos que nada tinham haver no contexto em que viviam? Ou simplesmente pensaram assim: "Pô,vamos fazer uns desenhos doidos pra zuar."

    Por favor né, tenha dó...¬¬


    Enfim, como sempre. Parabens equipe do blog.
    Ótimas imagens. ;D

    ResponderExcluir
  14. QUE MATÉRIA L-I-N-D-A!!!!

    ResponderExcluir
  15. Esses artefatos são realmente dos maias? não são falsos? tem algum link q tu possa me mandar de uma fonte confiável que possa comprovar q são mesmo artefatos Maias? pq se forem, realmente n tem como negar, é incrivelmente chocante olhar isso. Se forem, são realmente provas incontestáveis de que tudo o q a teoria dos antigos astronautas fala é a mais pura verdade...e eu gostaria mesmo q fosse, q sou cético demais, mas anseio em encontrar algo q traga um pouco da velha fantasia q eu tinha da vida qndo era cristão e pensar q ou fruto de uma manipulação genética feita por Extraterrestres é fantastico xD

    ResponderExcluir
  16. Caras só digo uma coisa,já foi descoberto muita coisa por esses arqueólogos meia boca por aí, e eles mesmos esconderam de todos pra não caírem em descrédito

    ResponderExcluir

Os editores do blog Ab Origine têm profundo amor e respeito pelo livre pensamento e liberdade de expressão, porém respeitamos ainda mais o leitor que busca um ambiente de respeito às opiniões.

Por isso optamos por moderar os comentários, que serão excluídos nas seguintes condições:

• Piadinhas e infantilidades
• Palavrões e ofensas
• Desinformação

Todos os outros comentários serão publicados, independente da opinião do leitor.